Mania de Esmalte
fonte: Pixabay

Cuidados especiais para cada tipo de cabelo

Sabemos que cada pessoa tem um tipo de cabelo, e nem todos os tratamentos podem ser usados para todos os tipos de cabelos, pensando nisso separamos um artigo especialmente para que você tenha dicas para tratar o seu cabelo de forma correta.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos oleosos

Não importa o quanto você cuide de seus cabelos, eles sempre têm um aspecto engordurado? Não entre em pânico, graças aos nossos conselhos de beleza, seus fios vão ganhar um novo aspecto.

fonte: Pixabay

A causa do problema

Os fios oleosos são causa de um desregramento das glândulas sebáceas que secretam sebo. O que é o sebo? É a substância oleosa natural que assegura a lubrificação dos cabelos e que protege contra as agressões, principalmente a poluição. Outras causas também são responsáveis: a poluição, o estresse, o nervosismo, uma alimentação desequilibrada e ainda shampoos inadequados.

Adote alguns hábitos

Para começar, escolha um shampoo ideal. Utilize produtos de ph neutro, lave os cabelos regularmente utilizando pequenas quantidades do produto, evitando que fique depositado nos fios e no couro cabeludo. Não lave os cabelos demais, quanto mais se lava, mais as glândulas produzem sebo para contrabalancear a lavagem. Escolha um shampoo que indique que possa ser usado diariamente. Massageie o couro cabeludo antes de aplicar o shampoo, isso ativa a microcirculação e, sobretudo, não deixe que o produto se deposite nos fios e couro cabeludo e enxágue bem.

Erros a serem evitados

Não utilize shampoo de bebê ou produtos quaisquer infantis. Esses produtos são prejudiciais e pioram a oleosidade dos cabelos. Elimine: gel para pentear e óleos que pesam os cabelos e dão aspecto engordurado.

Uma dica a mais

Aplique regularmente uma máscara de argila que tem um efeito “calmante”. Confie em alguns óleos essenciais como o de lavanda e laranja que têm propriedades antisépticas e tônicas bem eficazes. Uma receita do tempo de nossas avós: aplique um pouco de vinagre ou suco de limão depois do shampoo. Eles possuem propriedade adstringentes e fecham a cutícula dos fios dando brilho aos cabelos.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos secos

Você tem os cabelos secos como palha, como bem dizia Claudia Schiffer em uma publicidade da L’Oréal? Se os fios e as mechas se rebelam contra você, não perca tempo: adote os nossos conselhos para que tem os cabelos secos.

fonte: Pixabay

A causa do problema

A culpada de tudo são as glândulas sebáceas. Por conta de seu desregramento, o sebo para de proteger os cabelos contra poluição e contra outras agressões exteriores. Resultado: seu cabelo se transforma em palha. Outros responsáveis: colorir excessivamente os cabelos, usar chapinha, fazer escova e lavar e secar demais. Todas essas técnicas desidratam os cabelos. O sol e o sal do mar também prejudicam, agravando ainda mais a condição dos fios maltratados.

Adote alguns hábitos

É indispensável escolher um shampoo rico em nutrientes, como por exemplo, as ceramidas e os óleos essênciais. Complete o cuidado escolhendo um bom condicionador diário à base de manteiga de karité, amêndoas ou mel. Faça hidratações constantes com máscaras específicas para esse tipo de cabelo e deixe o produto agir por quanto tempo for necessário. Em salões, a hidratação costuma ser mais eficaz; e sempre vale a opinião de um profissional, assim você pode acompanhar novas técnicas e produtos ideais.

Erros a serem evitados

Limite ao máximo as agressões exteriores. Preste atenção no uso que você faz do secador de cabelo, ele só atrapalha a qualidade de seus fios. O ideal é deixá-lo de lado sempre que possível. Se for impossível, use com a temperatura baixa. Limite também o números de escovas e chapinhas.

Uma ideia a mais

Para complementar seus cuidados, experimente usar condicionador sem enxágue, o famoso leave-in. Eles mantêm os cabelos hidratados por mais tempo. Mas cuidado! Não abuse de seu uso, o excesso do produto pode deixar resíduos nos fios, o que deixaria o cabelo com aspecto sujo e pesado. Não esqueça de proteger as madeixas no verão. O sol, a areia e a água salgada detonam a saúde dos cabelos.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos elétricos

Seus cabelos ficam com frizz com tudo o que é sintético e passa por eles? Escova, pente, prendedor… Seus fios formam uma espécie de nuvem em cima de sua cabeça? Temos a solução para manter os seus cabelos disciplinados.

fonte: Pixabay

A causa do problema

Os cabelos “elétricos”, ou com frizz, são antes de tudo cabelos secos. O problema acontece sobretudo em dias secos e segue o mesmo princípio básico dos amantes: cargas elétricas opostas se atraem. Com o ar mais seco, a queratina (matéria prima dos cabelos) absorve menos umidade ambiente e se resseca. Ao entrar em contato com material sintético, como as escovas, os cabelos tornam-se eletricos. O fenômeno fica ainda mais frequente pelo uso de shampoos muito detergentes, pelo uso de secadores de cabelo e procedimentos químicos. Para remediar, é preciso recorrer a produtos para esse tipo específico de cabelo.

Adote alguns hábitos

Primeiramente, escolha uma escova ou um pente de material natural: de cerdas de nylon, cerdas de javali, madeira. Escolha um shampoo hidratante e durante a lavagem, concentre-se mais no alto da cabeça do que nas pontas. Se possível, deixe os cabelos secarem ao ar livre. Se for usar o secador, use um ionizado que espalha ions negativos no cabelo e seca sem ativar a eletricidade estática. É perfeito para um efeito liso.

Erros a serem evitados

Não utiliza escova sintética e limite tratamentos químicos que estressam o fio. Não use enfeites, chapéus ou bonés de material sintético. Escolha materiais naturais para a escova.

Uma dica a mais

O cabelo elétrico tem necessidade de ser nutrido. Capriche em seu arsenal para hidratação dos fios. Antes de escovar os cabelos, pulverize um pouco de água na escova. Isso descarrega sua eletricidade. E sempre que usar secador de cabelo, finaliza com ar frio.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos opacos

Os cabelos opacos têm muita necessidade de hidratação para manterem o brilho natural. Para isso, é preciso adotar alguns cuidados e hábitos. Nutrição e proteção devem ser sua aposta!

Fonte: Pixabay

A causa do problema

Os cabelos opacos são também sinônimo de envelhecimento prematuro e de cutícula (a parte exterior dos fios) danificada. Pode estar ligado a uma carência de ferro ou a tratamentos agressivos: colorações, permanentes e alisamentos que prejudicam os fios e o couro cabeludo comprometendo o brilho e causando o aspecto opaco. Resíduos de shampoo e outros produtos também podem contribuir para o problema. O sol é também um grande inimigo desse tipo de cabelo, porque desidrata os fios.

Adote alguns hábitos

Para cuidar de cabelos opacos é preciso adotar alguns cuidados específicos. Faça a escovação e secagem leve, e sobretudo lave bem os cabelos finalizando com um jato de água fria, conhecido por trazer de volta brilho aos cabelos. Escolha um shampoo hidratante e abuse de máscaras a base de amêndoas, mel, abacate e manteiga de karité e faça hidratação uma vez por semana. Fique atenta à qualidade da escova, e escolha uma que não resseque ainda mais os fios.

Erros a serem evitados

Evite ao máximo tratamentos agressivos para os cabelos: coloração, escovas, alisamentos… Tenha atenção também com a qualidade da água com que lava os seus cabelos. Água salgada do mar prejudica enormemente os fios, bem como o abuso de sol, que os ressecam.

Uma dica a mais

Experimente uma velha receita de nossas avós para tratar cabelos opacos: dilua suco de limão ou vinagre em um pouco de água e aplique essa solução no condicionador. Deixe agir por alguns minutos e lave abundantemente. O brilho é garantido! Aposte em alguns alimentos responsáveis pela saúde dos cabelos. Coma regularmente peixes, cereais, frutas e legumes.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos lisos

Seus cabelos são sem volume? Sem força? Os fios são retos e quebradiços?

Fonte: Pixabay

A causa do problema?

Cabelos lisos rimam com cabelos finos. É uma predisposição genética e não há muito a se fazer quanto a isso. Na prática, a raíz é muito fina, quase inexistente. Resultado: o cabelo não tem sustentação e começa a cair. Um shampoo de má qualidade pode piorar a situação. Para remediar, é preciso cuidados específicos.

Adote alguns hábitos

O cuidado deve começar pelo shampoo. Escolha um produto que dê volume. Para isso também temos um truque: seque bem os cabelos, principalmente as raízes, separando as mechas enquanto seca. Aposte também em um bom corte. Se beneficie de cachos e ondulações.

Erros a serem evitados

Desconfie de produtos que se dizem muito nutritivos (óleo, manteigas vegetais…). Alguns shampoos contêm silicones que pesam os cabelos, diminuindo o volume. Da mesma forma, evite escovas e chapinhas, obviamente.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos crespos

Os cabelos crespos, mais do que os outros tipos, necessitam de hidratação. Isso ocorre porque eles costumam ser muito volumosos e seus cachos não são tão definidos. Geralmente, esse tipo de cabelo costuma passar por muito processos químicos agressivos, como alisamentos e relaxamentos. Para nutrir e garantir a boa aparência dos fios é necessário hidratá-los semanalmente.

fonte: Pixabay

A causa do problema

Os cabelos crespos são naturalmente mais fortes e resistentes, porém como eles passam por tantos tratamentos químicos, a tendência é que com o tempo eles se tornem mais fracos e quebradiços. Além disso, é difícil mantê-los longos e belos, pois como são muito densos, sua estrutura em espiral dificulta a produção de sebo no couro cabeludo, fazendo com que as pontas fiquem frágeis.

Adote alguns hábitos

Para um cabelo crespo saudável, é preciso apostar ao máximo em hidratação. Uma ou duas vezes por semana, faça uma imersão de óleo nos cabelos. Óleo de oliva, de jojoba ou de abacate são ótimos para compor produtos de massagem específicos. O ideal é deixar os cabelos por alguns minutos com o creme escolhido para massagem, se possível enrolados em uma toalha, pois o calor ajuda a condução dos nutrientes ao longo do fio.

Escolha um shampoo doce à base de manteiga de karité, abacate ou amêndoas. Use um condicionador apropriado para cabelos crespos e uma mousse ou óleo para nutrir os cachos. Para penteá-los, evite escovas e pentes finos. Procure sempre pentes largos e de madeira para não quebrar os fios.

Erros que devem ser evitados

Por mais que seja tentador, resista aos alisamentos, brushings e chapinhas. Para quem possui cabelo crespo, é muito difícil manter um visual liso sem agredir ao máximo os fios. Um conselho: recorra aos processos de alisamento somente em ocasiões especiais, como festas ou casamentos, ou limite a uma vez por mês.

Evite abusar dos cremes hidratantes, pois eles podem impedir o cabelo de “respirar”. Sendo assim, eles podem se tornar opacos e muito volumosos quando estiverem secos. E não se esqueça de aplicar o creme apenas nas pontas, deixando de fora as raízes.

Uma dica a mais

Os cabelos crespos possuem uma forte tendência a se misturarem e, consequentemente, embaraçam e quebram com mais facilidade. Para não acordar com os cabelos muito volumosos, você pode colocar grampos formando cachos. Assim que acordar os cachos estarão mais definidos.

E não se esqueça de usar óleo de silicone nas pontas diariamente para garantir a nutrição e o contorno dos cachos.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos cacheados

Glamourosos e femininos, os cabelos cacheados podem quebrar facilmente pois são mais frágeis que os outros. É preciso hidratá-los sempre, para que eles ganhem força e vivacidade.

Fonte: Pixabay

A causa do problema

A fragilidade faz parte da natureza do cabelo cacheado. Sua estrurura em espiral é muito sensível, o que faz cada cacho parecer um “centro de quebra” em potencial. Cada mecha desse tipo de cabelo se desassocia mais facilmente da fibra capilar, tornando o visual não muito glamouroso.

Adote alguns hábitos

A mensagem é clara: é preciso hidratação! Para isso, utilize um shampoo extra doce especial para cabelos cacheados, ricos em óleos. Lave os cabelos apenas duas ou três vezes por semana, nunca diariamente. Quando for hidratá-los, use máscaras ou cremes que são feitos à base de proteínas de trigo, óleo de oliva ou manteiga de karité.

Os cremes sem enxágue não são obrigatórios, mas protegem o cabelo das agressões do dia a dia, formando uma camada protetora que cobre a fibra capilar. Eles também são ótimos para modelar os cachos.

Para pentear os cabelos frisados não é necessário muito trabalho. Aplique um mousse quando o cabelo ainda estiver molhado para garantir o efeito cacheado. E lembre-se de que nem todo cabelo cacheado é necessariamente seco. Se seu cabelo for oleoso, não passe creme na raiz, pois pode aumentar a oleosidade.

Erros a serem evitados

Fazer brushings e outras técnicas de alisamento capilar pode acabar com os cachos e tornar os fios ainda mais quebradiços. Quando for penteá-los, abandone as escovas finas e prefira os pentes de dentes largos. Nunca penteie seu cabelo cacheado quando ele estiver seco! Só o faça com eles molhados ou úmidos, e antes de passar o pente desembarace um pouco os cachos com as mãos.

Uma dica a mais

Para que os cabelos cacheados fiquem soltos e ganhem movimento, aplique rapidamente um spray sem enxágue. E para que eles conservem brilho, recorra ao sérum nutritivo ou um óleo de silicone, ótimos para dar contorno aos cachos.

Veja dicas e cuidados especiais para cabelos tingidos

Se você resolveu mudar a cor de seu cabelos e logo após tingi-los reparou que eles ficaram mais secos e quebradiços, não se desespere! É comum os fios que passaram pelo processo de descoloração ficarem mais fracos e perderem um pouco o brilho. Para isso, nada melhor do que uma boa hidratação e cuidados em dobro, pois eles necessitam de muita atenção.

cuidados com cabelos tingidos
fonte: Pixabay

A causa do problema

As colorações permanentes contém amônia que penetra no interior da fibra capilar e oxida a melanina, ou seja, os pigmentos que dão cor a nossos cabelos. Se não são constantemente mantidos, os fios que passaram por esse processo agressivo se tornam porosos e secos.

 

Adote alguns hábitos

Primeiramente, escolha um shampoo especial para cabelos tingidos que contenha agentes fixadores da cor e reparadores. Para completar, existem muitos cremes sem enxágue que também podem ser usados para desembaraçá-lo. Prefira aqueles com extratos de vegetal, como cacau, mel, manga e abacate. Outra opção são máscaras hidratantes a serem aplicadas uma vez por semana.

Erros a serem evitados

Não cometa o erro de não hidratar o seu cabelo após tingi-lo, pois ele pode ficar seco “como uma palha”. Evite também alisamentos, escovas e chapinha. Respeite um espaço mínimo de dois meses entre um tingimento e outro.

Uma dica a mais

No verão, aplique regularmente uma máscara nutritiva especial para cabelos coloridos. Como o sol clareia os cabelos e acelera o processo de ressecamento dos fios, é necessário aplicar um gel, creme ou óleo que proteja a cor escolhida.

Julia

Meu nome é Julia, Mãe, Empreendedora e acima de tudo Mulher, já passei dos 30 e adoro o universo feminino.

1 comment

Categorias